“Igrejas no Brasil criticam o Natal por causa do consumismo”. Sério?

Por que mesmo a sua igreja critica o Natal?

Algumas igrejas no Brasil criticam fortemente o Natal. Por qual motivo? Pelo fato de que no Natal as pessoas estão mais preocupadas em comprar, comprar e comprar.

Essas igrejas criticam o Natal, não é por causa do Papai Noel, nem pelo fato do que diz a história sobre o paganismo ligado ao 25 de Dezembro. Essas igrejas, nessa época, pregam contra o consumismo! Algumas fazem alguns pequenos e isolados eventos de caridade, mas que não é característico de tal igreja que durante todo ano NUNCA pensa em caridade, até mesmo a rejeita indiretamente.

A Igreja não deve ter grupos de assistência social ou estar em épocas esporádicas que faz isso, mas toda ela tem que estar envolvida nisso o tempo todo!

Pregar contra o consumismo só no final de ano é uma hipocrisia, pois durante o ano todo se ensinou que “o homem vale os bens que possui“. Se ensinou que a pessoa IDEAL é aquela que possui muitas coisas! Que comprou casas, piscinas, carros, jóias, etc. Se ensinou todo o ano que você precisa ostentar para mostrar Jesus ao mundo! Mas agora que vem o Natal, o discurso muda como um passe de mágica: “Não devemos ser consumistas!”.

E quando acaba o ano, de novo, como que num passe de mágica, param de falar de materialismo e se começa a se falar de coisas espirituais! De repente, se tornam espirituais!!! Não é incrivel isso?

Se muda de discurso como se muda de roupagem, de capa religiosa: Dizem:

Agora vamos vestir essa capa de espirituais… Depois, vestiremos a capa de conquistadores da vida material… Depois, falamos mal do Natal e nos fazemos de caridosos e que amamos os mendigos…“.

Mas, POR QUE A SUA IGREJA NÃO TEM APENAS UMA SÓ CARA O TEMPO TODO??? Fases da lua?

E por que falam mal do consumismo no fim de ano?

Porque o consumismo de natal é um forte concorrente dessas igrejas! Só por isso! Em vez de gastar nos shoppings, as igrejas querem que você dê a eles! Eles estão preocupados com o seu 13º Salário e não com que você se torne ou deixe de ser consumista.

Essas igrejas NÃO estão contra o consumismo, porque o consumismo é o que gera “testemunhos” para elas. O discurso característico dessas igrejas é o “homem vale o que têm” e não “o homem vale o que é”. Por isso, os membros não podem parar de comprar, com exceção da época do Natal.

E enquanto o mundo jaz no maligno, a igreja jaz no shopping.

“E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ”

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s